sábado, 2 de novembro de 2013

E=MC² Entenda a Teoria da Relativadade Geral


O que é a Teoria da Relatividade Geral.

Albert Einstein

 1915 Albert Einstein, publica um artigo sobre sua teoria da revatividade geral, até então não comprovada pela falta de uma evidenia fisica, algo que pudesse sustentar sua teoria. Em 19 de maio de 1919,ocorre um eclipse solar, nesse dia ocorreu um eclipse do Sol que propiciou a obtenção de fotos de estrelas durante o dia. Comparando-se a posição obtida da estrela (posição aparente) com a posição em que ela deveria estar, seria possível constatar se o raio de luz sofre desvio ao passar perto do Sol.confirmada a teoria que revolucionaria o mundo, e o nosso entendimento sobre as leis fisicas que agem no universo.

  Para garantir bons resultados da observação do eclipse, uma equipe de astrônomos ingleses foi enviada para a cidade de Sobral, no Ceará, e outra para a ilha de Príncipe (África Ocidental). A equipe de Sobral foi mais feliz, pois na ilha de Príncipe o céu estava um pouco encoberto, com nuvens. Desse episódio ficou famosa uma frase pronunciada por Einstein algum tempo depois: "O problema concebido por meu cérebro foi resolvido pelo luminoso céu do Brasil". 

Os resultados obtidos por Einstein, confrotam as leis de Isaac Newton , Ela substitui os conceitos independentes de espaço e tempo da Teoria de Newton pela ideia de espaço-tempo como uma entidade geométrica unificada. O espaço-tempo na relatividade especial consiste de uma variedade diferenciável de 4 dimensões, três espaciais e uma temporal (a quarta dimensão), munida de uma métrica pseudo-riemanniana, o que permite que noções de geometria possam ser utilizadas. É nessa teoria, também, que surge a ideia de velocidade da luz invariante.

Nas palavras de Einstein:
"...existem sistemas cartesianos de coordenadas - os chamados sistemas de inércia - relativamente aos quais as leis da mecânica (mais geralmente as leis da física) se apresentam com a forma mais simples. Podemos assim admitir a validade da seguinte proposição: se K é um sistema de inércia, qualquer outro sistema K' em movimento de translação uniforme relativamente a K, é também um sistema de inércia.



 A Famosa formula E=MC²

De acordo com a fórmula de equivalência massa-energia, a quantia máxima de energia que se pode obter de um objeto, é a massa do objeto multiplicada pelo quadrado da velocidade da luz.
A fórmula de equivalência massa-energia foi usada no desenvolvimento da bomba atômica. Pela medição de massa de diferentes núcleos atômicos e subtraindo dele a massa total de prótons e neutrons como se fossem pesados separadamente, pode-se obter uma estimativa da energia de ligação liberada na reação nuclear, pela comparação da energia de ligação do núcleo que entra e sai da reação.
Einstein fez seu cálculos usando o sistema de medidas CGS. Sua fórmula funciona também usando o sistema em prática atualmente, SI. Usando unidades do sistema internacional, E=mc² é calculado como segue:

E = (1 kg) × (299,792,458 m/s)2 = 89,875,517,873,681,764 J (≈90 × 1015 Joules)
Seguindo o raciocínio, um grama de massa - a massa de uma nota de um dólar - é equivalente a seguinte quantidade de energia:

 ≡ 89,875,517,873,681.764 J (≈90 terajoules), precisamente pela definição
 ≡ 24,965,421.631 578 267 777… kilowatt-horas (≈25 GW-horas)
=21,466,398,651,400.058 278 398 777 1090 calorias (≈21 Tcal) 3 =21.466 398 651 400 058 278 398 777 1090 quilotons de TNT-energia equivalente (≈21 kt) 3 =85,185,554,537.701 118 960 880 666 4808 BTUs (≈85 bilhões de BTUs)

Em todo tempo energia é gerada, o processo pode ser avaliado pela perspectiva de E=mc². Por exemplo, a bomba estilo Gadget usada no Teste Trinity e a bomba atômica de Nagasaki tiveram uma explosão equivalente a 21 kt de TNT. Cerca de 1 kg de cada 6.15 kg de plutônio (aproximadamente) em cada bomba fissiona-se em elementos luminosos totalizando quase exatamente um grama perdido, após esfriar (o calor, luz e radiação neste caso carregam o grama de massa perdida). A bomba de Hiroshima liberou uma energia estimada de 13 quilotons de TNT, implicando cerca de 0,6 gramas de massa convertidas em energia ao fim do processo.


Escritos de Einstein.

Basicamente seria isso.

0 comentários:

Postar um comentário

Ezeki Nunes. Tecnologia do Blogger.

Mapa de Visitantes